Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \18\UTC 2011

Foto: Iara.

Senhor!

Há tanto a agradecer a Vós!

As palavras dificilmente traduzirão o júbilo

de nossos corações, a alegria que transborda

 e nos transporta a níveis de vibração mais sutil,

causando imenso bem estar.

E, nesse estado de graça,

olhamos com os olhos marejados

pela compreensão maior dos fatos e dos seres,

 a realidade que nos cerca.

E quanto sofrimento íntimo identificamos

 atrás das máscaras várias que passam

disfarçando suas dores aos olhos do mundo.

Há uma necessidade tão grande de amor,

 de solidariedade e entendimento,

um apelo tão forte pela paz,

 que só quem tem sensibilidade

consegue atravessar a espessa ilusão da matéria

 e aquilatar o que de fato existe ali.

E, nesse momento, identificados e condoídos

com a luta de nosso próximo

(luta essa que também é nossa),

 nos ajoelhamos e pedimos a Vós, Pai,

 um pouco de Luz nos caminhos atormentados e sofridos.

Um carinho para os corações endurecidos

que teimam em não mostrar a dor que de fato sentem.

Uma esperança para aqueles

que na indiferença se recolhem.

Pedimos, então, que do Alto,

das esferas superiores da Vida,

caia uma chuva benéfica de bênçãos,

que alcance a todos, sem exceção.

Ninguém há que prescinda desse contato alentador.

E, assim, suavizados por dentro,

 que consigamos distinguir os valores reais

e persigamos a nossa meta mais verdadeira:

a da evolução permanente.

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

Foto: Iara.

A verdade ilumina e liberta o ser.

A esperança é o refúgio dos trabalhadores do Cristo, em toda parte.

                                                           Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

Foto: Iara.

Fatos acontecem, nas vidas,

nos quais é sempre certa a pergunta: “por quê”?

E ficamos cismados, aborrecidos, tristes, inquietos

e não raras vezes, revoltados.

Isto porque não compreendemos os motivos

da infeliz ocorrência.

Todos temos expectativas, sonhos, ilusões

 e buscamos no dia-a-dia tais realizações.

Quantas e quantas vezes não vemos

nossos esforços malogrados,

 e inconformados ficamos parados em tal situação,

buscando o “por quê”, querendo compreender…

Bem como, quantas e quantas vezes, nos vemos,

após certo tempo, a bendizer o que outrora fora um mal,

convencidos, então, de que no momento

era o melhor a acontecer.

Com a vivência, com as experiências várias

 que vamos tendo no transcurso da existência,

 vamos, então, adquirindo maior entendimento e paciência.

Percebemos que há realidades que podem ser mudadas

e aí colocamos nossos esforços.

 Bem como percebemos, também, que há coisas

para as quais atualmente não há alternativas,

 e com essas temos um trabalho a realizar

dentro de nós mesmos:

-a resignação confiante no Pai;

-a espera cuidadosa e serena,

de que tudo dará certo no final e

 -o entendimento que as adversidades fazem parte

do contexto da vida.

Para aquele que sabe seguir em frente,

 a vida se renova,

sem obssessões desnecessárias

e traumas maiores.

Vamos, pois, recolhendo os ensinamentos

com fé e boa vontade,

que o Mestre Jesus está no comando dos destinos,

 a nos proteger dos perigos, e de nós mesmos,

 de nossa imaturidade,

de nossa falta de compreensão do conjunto, da totalidade.

A vida, qual o rio, tem direção certa a seguir.

 O rio busca o mar, vencendo distâncias e obstáculos

 e a nossa alma imortal busca o Pai.

Tem por missão a iluminação,

 a fim de  integrar-se à Grande Luz, um dia lá na frente.

Tal o sentido da vida:

 o aprimoramento através do esforço individual,

da boa intenção para com o irmão

e da aquisição de visão mais ampla,

com o fim de compreender os mecanismos naturais

e perfeitos criados por Deus.

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

UMA REFLEXÃO

Foto: Iara.

O conhecimento transforma a realidade

 e, se acompanhado pelo sentimento nobre,  a evolução se faz!

O Saber e o Amor, de mãos dadas, realizam grandes prodígios.

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

ENTENDIMENTO

Foto: Iara.

Há tristeza quando não se compreende,

quando a dureza do coração nos surpreende…

Era de entendimento no caminho,

o anseio da alma, de mais carinho!

Então, se nada podes fazer,

para o entendimento restabelecer,

oferece com a alma o perdão,

não guardes ressentimento no coração!

A vida é sempre bonita,

é uma vereda florida,

àquele que oferece Amor

e ajuda a curar a dor!

Segue feliz e em paz,

o que importa é o Bem que se faz!

Nossas vidas estão na Luz,

protegidas pelo Mestre Jesus!

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

O SENTIMENTO

Foto: Iara.

O sentimento…

Pode tanto ser algo que enternece,

 que eleva a criatura,

quanto o reverso da medalha,

o que o arremessa ao abismo!

Como bate o vosso coração?

Em que circunstâncias sentes o seu pulsar

mais acelerado ou mais ameno?

Sentes a tranqüilidade e o bem estar que a brandura,

a bondade e confiança no Altíssimo propiciam?

Ou sentes um tumulto interior, uma inquietação,

uma exaltação que se intercalam com desânimo profundo?

Temos diversos tipos de sentimentos:

-a ira, a revolta, o orgulho, o ódio, a arrogância…

-a brandura, a compreensão, a humildade, o amor,

a simplicidade…

Cientes dos desdobramentos

 que os sentimentos exaltados acarretam,

vigiemos e oremos com mais constância,

impedindo o vicejar dos sentimentos

 negativos e destruidores.

 as ervas daninhas da alma em processo evolutivo,

adubemos e cuidemos das pequenas sementes

dos sentimentos nobres e elevados,

que por certo nos renderão momentos inesquecíveis

de plena felicidade.

A escolha do caminho é de cada um…

Disciplina não é algo fácil,

no entanto, cabe a cada um o seu destino.

Conselhos orientam e animam,

porém só a criatura pode se decidir

pelo caminho da Luz e do Bem Maior.

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

Foto: Iara.

Como é que se conhece a força,

 a fortaleza de um ser,

senão em meio à tempestade,

 às dificuldades que surgem

 quais espinhos em meio à delicadeza das flores

e nos machucam e dificultam o caminhar?

Não se sabe o quanto se aprendeu

senão no momento da adversidade “aparente”…

Digo aparente,

 porque totalmente passageira

 e superável àquele que,

equilibrado e confiante,

segue o seu trajeto de luz e bem-aventurança,

sem abandonar os compromissos assumidos

 no mundo e para com a espiritualidade.

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

Older Posts »