Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \26\UTC 2011

RENASCIMENTO

Foto: Iara.

 

Vejo o balançar das folhas das árvores, lá fora, ao sabor do vento…

Galhos que se inclinam graciosamente, para depois retornar à sua posição original.

Exemplo de perseverança, de saber se adaptar para sobreviver.

Vem o vento, a chuva, às vezes a tempestade, o calor abrasador do sol em dias de verão, o frio intenso do inverno e a queda das folhas no outono.

No entanto, a vida se renova…Novas folhas surgem e a árvore oferece depois, com generosidade, as flores a encantar e os frutos a saciar.

Assim o ciclo da vida…o renascimento é lei obrigatória. Um ser passa, no decorrer da existência, por diversos renascimentos: diante da dor, da decepção, da privação, da libertação do ódio e ressentimento, do perdão verdadeiro e, por certo, do amor, esse sentimento que expande o ser e ilumina o mundo.

Cria, então, a percepção maior da transitoriedade das situações do mundo e trabalha, pensa e age no sentido da plenitude, da saúde, paz e alegria de viver!

Escrito por Bel Zanardo.

Anúncios

Read Full Post »

Foto: Iara.

Ouço o rugir da tempestade lá fora:

é a Natureza a reagir às agressões constantes…

É fenômeno normal,

resultante de ações humanas impensadas e destruidoras!

 

Tudo na vida é cíclico:

atitudes, sentimentos, pensamentos…

O que emitimos, um dia, indevidamente,

a vida responde plenamente!

 

Seja, então, o teu caminhar,

um caminho reto e singular…

Onde haja espaço para o desabrochar das flores,

de uma vivência cheia de amores!

 

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

UMA REFLEXÃO

Foto: Iara.

” Como a felicidade não é um dom solitário, vamos juntos, irmanados no ideal maior de realização pessoal e coletiva, fazendo de nossa casa, a Terra, um lugar de oportunidade, dignidade e felicidade para todos!”

 

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »

FELICIDADE

Foto: Iara.

Felicidade…

Sonho fugidio de muita gente,

busca desesperada,

procura incessante,

algo que das mãos escapa…

Sutileza do coração,

que bate apressado,

em ritmo intenso.

Horas que parecem minutos

de tão ansiosas que são.

 

Quimera distante,

procurada, no mundo, a todo instante.

Poder, beleza, status,

quando alcançados,

não trazem de todo

o almejo da alma sonhadora!

 

Felicidade…

Bem maior escondido

dentro do próprio ser…

Luz que quando brilha

ilumina o interior e o exterior!

Sublima a existência!

Clareia a visão, antes sombria,

bate o coração com tranqüilidade…

Dá rumo à vida!

É quando o amor à Deus,

à existência e ao próximo

finalmente se instala soberano!

 

Escrito por Bel Zanardo.

Read Full Post »